Conheça os fãs: Flávio Júnior

Olá!
O Flávio Júnior, newsposter-chefe do Potterish.com, também quis compartilhar um pouco de suas experiências potterianas.
1. Por que você é fã de Harry Potter?
Esta é uma pergunta que já tive que responder várias vezes e, sinceramente, nunca sei exatamente o que dizer. O que costumo afirmar é que há coisas na vida que têm que acontecer… E eu acho que Harry Potter foi esse tipo de coisa, para mim.
No final de 2001, o marketing para o primeiro filme da série era intenso, mas eu era meio alheio a isso, não deixava me afetar. Primeiro que a cidade em que eu morava não tinha cinema. Segundo, que eu pensava que seria só mais uma dessas modas que vêm e vão. Mas, como eu disse, tinha que acontecer. Eu era fã de um anime muito conhecido (Dragon Ball Z) e certo dia, numa banca de revistas, avistei a minha revista favorita com uma edição especial sobre Harry Potter. Eu não ia comprar a revista naquela semana, mas havia na capa uma chamada “Guia de episódios Dragon Ball Z”. E isso me fez comprar a revista.
Como é do meu costume, quis ler a revista inteira e cheguei na parte sobre Harry Potter. Preconceituoso, inspirei fundo e comecei a leitura. Embora eu tivesse 12 anos quando li a matéria (e agora tenha 21), eu lembro muito bem de como me senti ao terminar de lê-la. Era uma sensação de euforia, como se meu coração estivesse batendo mais rápido, como se eu tivesse finalmente me encontrado… Eu PRECISAVA ler aqueles livros.
Por coincidência [tinha que acontecer!], meus pais iam viajar para um congresso na capital (Natal – RN) em breve e eu corri para minha mãe e implorei: “Mãe, quero ganhar estes 4 livros de presente de Natal!” [à época, Cálice de Fogo havia sido recém-lançado pela Rocco]. Minha mãe achou estranho que eu estivesse pedindo livros de presente, mas viu minha empolgação e aceitou. Viajei com meus pais e, após alguns dias em Natal, finalmente entrei na loja para comprar meus livros.
Costumo dizer que momentos marcantes na minha vida ficam muito bem gravados na memória, a ponto de eu lembrar das sensações quando vou narrá-los. Agora mesmo fico arrepiado em recordar do momento em que peguei nos 4 livros pela primeira vez… Em que abri o primeiro livro e, ali na loja, no meio da rua, no ônibus para casa, em casa, durante todo o dia, dei meu primeiro mergulho nas páginas de Harry Potter, escritas de modo mágico, tocante e inocente por J.K. Rowling.
Eu não era um leitor muito aplicado, mas li o primeiro livro em um dia. No outro dia, vi o primeiro filme no cinema e lembro da emoção em assistir a um filme em que eu sabia das falas… E de ver tudo aquilo que havia lido no dia anterior projetado na tela do cinema! Desde então, virei potteriano e trouxe muitas outras pessoas para o fandom.
Não sei explicar o porquê de ser fã… é porque tinha de ser mesmo.
P.S.: Se teve uma coisa que eu me perguntei ao terminar o primeiro livro foi: “Tenho 12 anos e minha carta ainda não chegou… Por quê?”.
2. O que mudou em sua vida depois de ler Harry Potter?
Felizmente, Harry Potter trouxa muitas mudanças boas em minha vida. A começar pelo hábito da leitura. Passei a ser um leitor assíduo e hoje eu não vivo sem ler alguma coisa. Os filmes da série também me trouxeram um enorme interesse por cinema. Considero-me cinéfilo hoje e grande parte do que sei sobre cinema partiu do interesse primário na série Potter e que se estendeu aos grandes clássicos (vários dos quais ainda preciso assistir).
Naturalmente, entre meus 13 e 14 anos, acabei entrando para o mundo virtual de Harry Potter. Comecei em alguns fóruns, até que conheci o Hogsmeade, site que hoje já não existe. Fiz parte da equipe como newsposter e moderador do fórum por vários anos e ali foi meu lar. Fiz grandes amizades, algumas das quais conservo até hoje (e já tive o prazer de conhecer pessoalmente uma de minhas melhores amigas, Karol Kosta, que é do Rio de Janeiro). Esta participação em sites de Harry Potter, fez com que eu desenvolvesse minhas habilidades no computador e na língua inglesa, usada diariamente para leitura e tradução de textos sobre a saga, além da transcrição de vídeos e comunicação com fãs do exterior. Passei também a escrever fanfics, o que me ajudou bastante a redigir textos, especialmente narrativas.
Depois que entrei na faculdade, e o Hogsmeade chegou ao seu fim, passei a visitar com mais frequência o Potterish.com, o maior site brasileiro de HP, premiado pela própria J.K. Rowling. Lá, conheci a Armada Potterish, que é hoje meu lar. Tenho vários amigos lá, grandes potterianos que também são o tipo de pessoa que você pode conversar sobre qualquer coisa (e a maior concentração de librianos do planeta!). Se Deus quiser, terei o prazer de conhecer boa parte deles agora em julho, quando devo viajar para São Paulo para assistir junto com eles o último filme da saga.
Bom, hoje sou newsposter-chefe no Potterish.com, além de postar pelo Twitter e Tumblr do site. Tive até a grande surpresa (e vergonha) de sair em uma matéria da revista Época especial sobre a Geração Harry Potter. E devo tudo isso a Harry e Jo Rowling: meus hábitos de leitura, meu amor pelo cinema, meu aperfeiçoamento no inglês e no computador… e, é claro, pelos meus amigos. Grandes amigos. A prova de que a distância é apenas um detalhe.
3. Se você pudesse fazer uma pergunta para J.K.Rowling, qual seria?
Primeiro, eu agradeceria. Diria muito obrigado por tudo que ela fez para mim, mesmo sem me conhecer, por todos os bons momentos que vivi e ainda vivo graças ao que ela criou…
Depois, se fosse para perguntar algo sobre os livros, provavelmente questionaria sobre como os elfos domésticos “se deixaram” ser escravizados, já que não acredito que ninguém nasça destinado a ser escravo e humilhado. Perguntaria também sobre a origem dos dementadores que, ao contrário de vários personagens e criaturas na série, parecem apenas ter um lado ruim, negro, sem os “tons de cinza” que há em todo mundo. Mas eu acho (e torço bastante) que essas coisas serão respondidas na tão esperada enciclopédia que ela nos prometeu…
O que acharam?
** Todo mundo animado para a próxima promoção? Começa hoje. Fiquem ligados!
Anúncios
Esse post foi publicado em Fãs e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Conheça os fãs: Flávio Júnior

  1. Flávio Jr. disse:

    Ah, muito obrigado por terem publicado minhas respostas… fico feliz em fazer parte 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s