Resenha de Harry e seus fãs por Lodir Negrini

Olá!
Antonio Negrini, também conhecido como Lodir Negrini, publicou uma resenha no seu blog. Vejam o que ele achou do livro:
Melissa Anelli é suspeita para falar sobre Harry Potter. Formada em comunicação, ela é uma fã da série, mas não qualquer fã. Ela representa a tipologia máxima do fã fanático. Após começar a ler os livros, ela se viciou em tudo que diz respeito a Harry Potter, entrou para a equipe de um dos maiores sites de fãs e passou a dedicar boa parte do tempo ao tema.
O título brasileiro de “Harry e Seus Fãs”, livro escrito por ela, representa muito bem seu conteúdo, até mais do que o título original em inglês (Harry – A History). É uma obra que mescla a biografia dos livros Harry Potter e também de seus fãs. Ao longo da leitura, não apenas a história do nascimento do fenômeno literário será acompanhada, mas também a loucura envolvendo os fãs da série em sua jornada de espera pelos próximos volumes.
Loucura essa que se manifesta de diversas formas. Como a própria J.K.Rowling bem verificou no prefácio, Melissa documentou tudo o que os fãs seriam capazes de fazem por Harry Potter. Criar bandas de rock com letras inspiradas na trama, esperar por horas a fio na porta das livrarias para o lançamento, juntar milhares de dólares para arrematar um cartão escrito pela autora em um leilão, largar o emprego para viajar a outro país e acompanhar um evento com a presença da escritora.
Os detalhes sobre a criação de Harry Potter são o que há de mais interessante da obra. Acompanhamos tudo em detalhes desde a época em que J.K.Rowling começou a bolar a trama em sua cabeça. Vemos então a batalha da autora para conseguir a publicação do primeiro livro, depois de receber várias negativas. Quando finalmente conseguiu uma editora, Rowling bateu de frente para manter no livro algumas características que queriam mudar, mas que depois se revelaram acertos. Em longas entrevistas com J.K. – incluindo uma de oito horas – Melissa registrou os relatos sobre o que aconteceu desde então, como cada livro foi sendo escrito e lançado, como a escritora percebeu que sua série estava virando um fenômeno e todas as conseqüências disso.
Melissa faz um retrato claro do que foi o fenômeno potteriano que se instalou no mundo a partir de 1999. Ela peca em algumas partes, no entanto, por mostrar demais sua vida pessoal, em relatos que podem passar por várias páginas, e dar excessivos detalhes sobre passagens não tão importantes e interessantes, como a turnê da banda Harry and the Potters.
O livro é, ainda assim, um documento importante de uma década de euforia, um alivio para os fãs até hoje sedentos por curiosidades e um espelho para aqueles que, assim como os diversos personagens reais do livro, são fanáticos pela série e passaram horas discutindo na internet os detalhes da trama, na tentativa de encontrar uma boa pista sobre os próximos livros.
Você também publicou uma resenha de Harry e seus fãs? Mande para harryeseusfasolivro@gmail.com
** Hoje, às 23h59, é o último dia para envia o booktrailer #HarryESeusFãs. O ganhar sai na quarta, dia 20 de abril.
Anúncios
Esse post foi publicado em Resenha e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Resenha de Harry e seus fãs por Lodir Negrini

  1. Leticia disse:

    Muito legal seu blog , tabém sou uma fã de HP mas não tão fanatica… bom só um pouquinho .
    Bom gostei muito do seu blog parabéns^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s