Sobre Harry/Hermione, shipping , direito de fã, e muito mais

Olá!
Aqueles que torciam para um romance entre Harry e Hermione tiveram todas as esperanças destruídas depois de uma entrevista que os sites Muggle.net (representados por Emerson Spartz) e The Leaky Cauldron (representados por Melissa Anelli) fizeram em conjunto com a J.K.Rowling em 2005. Nessa entrevista, que ficou conhecida como a “interview from hell” por causa da sua repercussão entre os fãs, Emerson Spartz* chama os shippers* de Harry/Hermione de delirantes. J.K. não repete o que Spartz diz, mas deixa bem claro que, na sua opinião, os dois nunca tiveram chance de ficar juntos.
Quando Melissa voltou a se encontrar com Rowling para fazer o livro, o assunto foi discutido novamente.
Neste momento, aqueles de vocês que já leram Harry e seus fãs sabem sobre o que eu vou falar. Eu sei que tem havido um pouco de conflito entre os shippings . Em Harry e seus fãs, Jo diz algo sobre a possibilidade de um romance entre Harry e Hermione. Eu não vou reproduzir o que está no livro, mas aqui está uma conversa prolongada a respeito deste tópico.
Divirtam-se!
J.K.Rowling: No momento em que Emerson  disse aquilo [numa entrevista em 2005] enquanto estava gravando, eu sabia.
As consequências me atingiram, assim como atingiram Emerson. Eu recebi algumas cartas bem desagradáveis, mas, você sabe, naquele momento, eu já tinha me acostumado ao fato de que as pessoas são tão envolvidas neste mundo, e se sentem tão proprietárias deste mundo, que eu não estava em nenhum pedestal aos olhos deles. Eu estava bem no meio da briga. E é desconfortável tanto quando você decide ficar em cima do pedestal quanto fora dele, mas você se acostuma a isso”.
Melissa Anelli: Você chegou mesmo a brincar sobre um shipper levando Emerson por um corredor escuro.
JKR: [Rindo] Bem, sim! Quer dizer, Emerso não teve remorso. Ele gosta de uma boa briga. Eu não sou alguém que vai procurar uma briga, mas se uma briga chega até mim, eu não vou correr dela. Então, se as pessoas querem informação sobre os meus personagens, elas têm que aceitar que eu lhes darei informação sobre eles. E se elas não gostam dessas informações, essa é a natureza da ficção. Você tem que aceitar o mundo de outra pessoa porque eles construíram aquele mundo, então eles provavelmente sabem o que se passa lá um pouco melhor do que você.
Eu não era de forma alguma novata em relação ao conceito de direito de fã porque isso já vinha acontecendo, eu acho, desde 1999. Conforme o debate sobre Snape foi esquentando, eu ia ocasionalmente recebendo cartas de fãs que iam me instruindo sobre os meus personagens. E, sabe, isso é muito afetuoso quando vem de uma pessoa mais jovem, e um pouco menos afetuoso quando vem de uma pessoa mais velha.
Mas sabe, isso pode ter acontecido ainda mais cedo. Eu me lembro de ter recebido uma carta no final da década de 90, de uma mulher norte-americana que me ouviu dizer no rádio, quando eu estive nos Estados Unidos, que achava uma mentira não permitir a meus personagens certos sentimentos sexuais conforme eles vão nitidamente ficando um ano mais velhos em cada livro. Embora uma série de fantasia não seja, eu acho, o lugar apropriado para explorar questões como, por exemplo, o uso de drogas pesadas ou gravidez de adolescentes, tentar enfiar essas mensagens sociais goela abaixo de pessoas quando existem outras mensagens sociais nos livros de Harry Potter seria incongruente. Mas ainda assim não seria realístico se Harry passasse dos 11 anos de idade aos 17 sem nunca ter beijado uma garota, ou sem ter tido qualquer tipo de sentimento romântico em relação a garotas, e foi isso que eu falei no programa de rádio. Aquela foi provavelmente a primeira evidência que tive daquele tipo de direito de fã: uma carta muito veemente de uma mãe dizendo “Não faça isso. Eu quero seus livros como um refúgio para minhas crianças, como um lugar de inocência e segurança.” Bem, ouça: esta série começou com o conhecimento de um duplo assassinato. Eu nunca prometi este mundo de inocência e segurança. Muito pelo contrário. Eu anunciei um mundo de perigo e corrupção. Então, provavelmente, essa foi minha primeira introdução à questão.
MA: A discussão dobre shipping foi… fora do comum.
JKR: Você se sentiu magoada por aquilo?
MA: Eu saí menos machucada. Mas eu fiquei magoada, algumas pessoas disseram coisas bem perversas.
JKR: Você quer saber? De certa forma, eu tive uma visão ampla daquilo, porque logo depois que nos encontramos, nós saímos para o feriado, e eu voltei a checar a correspondência sobre isso e, quer saber, você pode normalmente saber pelo correio comum o que deve ter ocorrido online.
Não é saudável para mim ficar online por muito tempo. Eu sei muito bem que se pode passar a vida inteira lendo fóruns de discussão, mas essa não é uma atividade saudável. Então eu procuro controlar com que frequência eu vou e checo. Mas só pelo que eu tive em minha frente – e pelos fãs dizendo para mim “Por favor, não leve muito a sério o que estava nos fóruns” (risos). Então eu sabia o que realmente deve ter acontecido nos fóruns.
MA: Emerson foi comparado a um proprietário de escravos!
JKR: Oh, isso foi ridículo. Eu tinha uma carta de um homem adulto, uma carta muito articulada, que dizia: “Bem, perdoe-me por pensar que você era uma escritora melhor do que você é”. Foi exatamente isso que ele disse. “Eu achei que você estivesse nos dando dicas sutis sobre Harry e Hermione, mas não. Acabou que você estava sendo grosseira e óbvia”. O que você vai fazer? Isso é o que quero dizer com “um pouco menos agradável” (risos).
MA: Se isso é “um pouco menos agradável”, eu fico imaginando o que é “bem menos agradável”…
JKR: Sim. Nós poderíamos chegar lá, mas eu não sei.
MA: Eu não acho que nós temos tempo para isso.
* Emerson Spartz é proprietário e webmaster do site MuggleNet.com. Nós entrevistamos J.K. Rowling juntos no dia da apresentação de Harry Potter e o enigma do Príncipe, em Edimburgo, na Escócia. Durante aquela entrevista, J.K. Rowling confirmou o shipping de Ron/Hermione. Na hora, Emerson chamou os responsáveis pelo shipping de Harry/Hermione de “delirantes” e iniciou uma grande rodada embates na comunidade de shippers. Emerson é meu amigo e uma das pessoas mais empreendedoras que conheço, e, apesar de Jo estar cem por cento certa a respeito de ele gostar de uma boa briga, ele também é um cavalheiro. E não, não houve essa coisa de “Memerson”. Nunca. Mas isso já é outra história… quem leu o livro vai entender.
* Shipper é uma pessoa que admira relacionamentos, principalmente românticos, entre personagens fictícios. Em Harry Potter os shipping variam desde Harry/Hermione até Harry/Draco.
O que acharam?
E vocês, para qual casal torciam?
Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

14 respostas para Sobre Harry/Hermione, shipping , direito de fã, e muito mais

  1. Marina Moura disse:

    Harry e Hermione. Sempre preferi o casal,o que não quer dizer que não respeito o direito que J.K tinha(como autora) de decidir o destino amoroso de seus personagens. Pessoalmente sempre pensei na harmonia em volta de Harry e Hermione como a dinâmica que deve ser adotada em um relacionamento amoroso saudável. Um complementa o outro e ajuda a ultrapassar certas barreiras pessoais,como Harry e Hermione faziam um pelo o outro. Rony e Hermione poderia parecer um casal divertido,entretanto ainda acredito que o exemplo que passam é o de um casal problemático,onde o homem é machista e possui um profundo ressentimento do sucesso da companheira. São inúmeras as vezes onde Rony tenta diminuir Hermione ou desistimulá-la.

    Essa é a minha opinião,nao estou pedindo a ninguém para compartilhá-la. Harry and Hermione because my delusion is better than your cannon!

    Marina Moura

    • Giuschmidt disse:

      Seus argumentos são muito convincentes, e eu concordo. Acho que Rony/Hermione não iria para frente. Talvez J.K não tenha considerado um ponto de vista como o seu…

  2. Juliana disse:

    Harry e Hermione…Hp e Hg!Um completa o outro,desde o começo…enquanto Rony só implicava com ela,aquilo eu odiei..Ela ajuda Harry,com os problemas em ser um adolescente raivoso no quinto,ela ri dele,ela se sente mal por ele,ela fala o nome de Voldemort,quando falado que só grandes bruxos diriam.Hermione tenta proteger Harrye vice-versa.

  3. Juuuh disse:

    Sempre torci por Ron e Hermione, eles são perfeitos,
    as brigas deles só mostravam mais e mais que algo ia sair dali..
    E é lindo, os momentos deles!!

    ILoveRon&Mione ♥

  4. Pingback: O fênomeno das fanfictions |

  5. Tito disse:

    Eu não gosto dessa briga de casais. Eu acho que a escritora, que tem de escolher com quem seus personagens vão se apaixonar. Mas, eu sempre achei que Rony e Hermione, tinha muito mais parecido com o Rony, que o Harry. O amor que a Mione sente pelo Harry é forte, sim. Mas um amor de melhor amigo.

    Eu gosto muito da AMIZADE de Hermione e Harry.
    Aliás, a amizade do Trio: Harry, Rony e Hermione!

  6. disse:

    Nunca vi Hermione e Harry como casal, pra mim a relação deles nunca me passou essa ideia de romance…a Hermione, assim como a familia Weasley, supre a carencia familiar do Harry. Mesmo achando que o Rony é meio machista sim, em algumas ocasioes, pra mim era implicancia por gostar dela…sei lá, acho que sempre percebi isso por que já fiz algo parecido haha! Era meio que óbvio, ele gostava dela e não queria gostar e aceitar que ela era brilhante, era confessar esse sentimento. Eu penso que muita gente já passou por alguma situação parecida, eu passei.

  7. karolfc disse:

    Sabe de uma coisa,NÃO,NÃO SABE NÃO!EU AMO HARRY E HERMIONE COM PEITO E ORGULHO!!!! E o pior é que eu quero escrever fics!!!Mas não,alguem tinha que enfiar a fuça e eu não sei como faz isso!Digo e repito:
    SOU HARRY E HERMIONE DE PEITO E ORGULHO MANÉ!

  8. Cris disse:

    Eu só gostaria de entende uma coisa: como a JK acha que um casal que briga em tempo integral – como R/H – pode realmente dar certo?
    Por experiência própria, digo esse tipo de casamento não vai pra frente… acabam se desgastando, as coisas pequenas vão se acumulando até virar uma bomba e cresce um rancor enorme entre os 2.
    Por isso nunca vi possibilidade duradoura em R/H. Podiam até namorar na adolescência, no começo da vida adulta… mas se continuasse implicando por tudo, discordando em tudo daquele jeito que foi apresentado nos livros, teriam terminado antes mesmo de casar…

  9. Fernanda disse:

    Eu tambem nao gostei do final realmente Herry e Hermione se completam eles sao perfeito um pro outro e deviam acabar juntos desde o inicio dos livros e filmes a gente ja notava algo especial entre Herry e Hermione…

  10. Alessandra disse:

    Bem o que acho é: adoro o casal Rony e Mione, mas se pudesse escolher uma mulher digna de Harry Potter seria a Hermione é claro, sinto as vezes que depois de tudo que ele passou acabou ficando com a Gina como premio de consolação. Mas não discuto com a JK, só gostaria de poder duplicar a Hermione para dá uma pra cada um. rsrsrrsrrs

  11. Null disse:

    Acho q o Rony só ficou com a Mione porque ele sentia ciumes do Harry, pois ele sempre teve tudo e o Rony era apenas o melhor amigo.
    Acho que o Harry não deveria ficar com a Ginny porque ela não tem personalidade até a nossa adorada corujinha Edwiges tem mais personalidade que ela

  12. Giuschmidt disse:

    Acho que os ships mais irreais são os melhores, principalmente nas fanfics. Ao meu ver, um escritor só cumpre seu papel quando instiga a imaginação do leitor, fazendo com ele mesmo imagine o próprio final para a história. E nas fanfics, por exemplo, é mais interessante que o autor tenha de se esforçar para tornar a relação crível.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s